rstudio

Histograma no R

Fazer um histograma no R é bem simples, basta utilizar o comando hist() com a variável que você quer investigar a distribuição. No entanto, um gráfico detalhado pode necessitar de mais detalhes, seja uma mudança na cor ou a apresentação das medidas de tendência central. Este post apresentará os detalhes que são possíveis de acrescentar no seu histograma utilizando o R.

Leia mais…

Anúncios

Tutorial: Manipulação e Análise de Dados em R

Esse é um pequeno tutorial para quem não tem muita familiriadade com o R. O foco é entender o que o R é capaz de fazer, mas não deixar de fora as explicações estatísticas (ainda que sejam breves). Se você nunca abriu o R, recomendo que passe primeiro por Primeiros passos no R (Studio) e em seguida volte aqui.

Leia mais…

COMO EXPORTAR TABELAS NO R

Mais um post rápido…

Assim como a gente consegue importar tabelas no R utilizando o read.table(), é possível exportar as tabelas, porém, ao invés de ler, você vai escrever. Logo, como todas as funções do R, essa é mais uma bem intuitiva: write.table().

Se você quiser salvar seus dados em .txt espaçados por TAB:

## exporta tabela
write.table(nome_da_tabela, "C:/.../nome_da_tabela.txt", sep="\t");

Você pode mudar o separador que quer usar no .txt:

## exporta tabela separado por ponto e virgula
write.table(nome_da_tabela, "C:/.../nome_da_tabela.txt", sep=";");

É possível exportar para .xlsx também:

library(xlsx);
write.xlsx(nome_da_tabela, "C:/.../nome_da_tabela.xlsx");

A função write.table() é simples e poderosa. Veja que ela permite exportar para diversos formatos. Ou seja, você pode construir seus próprios reportes no R e exportar para um html por exemplo. Para quem conhece html, experimente construir vetores com código de html e depois fazer um write.table com formato .html. Você terá sua página construída direto do R!