teste de hipóteses

Diferença entre erro tipo I e tipo II

Tweet de Diego Kuonen

Anúncios

Testes de Hipóteses

INTRODUÇÃO: A QUESTÃO A SER RESPONDIDA

No mundo real é quase sempre impossível analisar uma população inteira para fazer um estudo. Um laboratório não conseguirá testar seu remédio em todos os indivíduos da população. O que é de praxe, é obter uma amostra, fazer os devidos testes com ela e tentar concluir se o remédio funciona ou não. Em suma, o que estamos fazendo é testando uma hipótese, a de que o remédio funciona. Mas e se você tivesse 50 pacientes e observasse que o remédio funciona para 30 deles? Isso é suficiente para concluir que o remédio funciona? Ou deveríamos concluir que ele não funciona? (mais…)